Schaeffler Automotive Aftermarket Brasil

 
 
 
 
 
 
De especialistas para especialistas
De especialistas para especialistas

O Portal na Internet para oficinas mecânicas e revendedores de carros

www.repxpert.com

 
CATÁLOGO ONLINE
Catálogo Online

Catálogo atualizado diariamente para sistemas de acionamento LuK, componentes para motores INA e peças para chassis FAG

Catálogo Online

 
Startergenerator com acionamento por correia

Função do startergenerator no acionamento por correia

 
 

Devido às condições limite alteradas, o uso de um mecanismo convencional de tensionamento nesses sistemas somente é possível em casos excpecionais e representa um compromisso sob todos os aspectos. Neste caso, as características do sistema de tensionamento somente podem ser adequadas a uma condição operacional, sendo que normalmente o startup (exibido em azul) representa a condição operacional mais crítica. Nesse caso, a pré-carga aumentada para o startup está na operação do gerador (exibida em vermelho). Ou seja, o nível de força é superior do que é normal atualmente. Este efeito resulta numa restrição em relação à expectativa de vida útil de todos os componentes da correia de acionamento.

Para contornar isto, é necessário desenvolver sistemas adequados de tensionamento, onde as exigências descritas abaixo precisam ser cumpridas:

  • garantir uma pré-carga corretamente ajustada e praticamente constante, tanto na operação de startup quando na operação do gerador
  • garantir suficiênte pré-carga na correia para o startup confiável do motor em toda a faixa de temperaturas
  • garantir longa vida útil de todos os componentes através da menor carga possível
  • diminuir deslizamento da correia e ruídos de operação
  • reduzir as forças de picos dinâmicos no acionamento por correia
  • compensação do estiramento e desgaste da correia durante a vida útil

Em caso de acionamentos por correia para aplicações de startergenerator, não é mais possível alocar claramente a parte frouxa da correia, visto que o gerador é o elemento acionador durante o startup e elemento acionado durante a operação de gerador. A direção do torque atuante sobre a roda do gerador é invertida como função da condição de operação. Ou seja, o grande desafio no desenvolvimento de sistemas tensores adequados para aplicações de startergenerator com acionamento por correia consiste em tensionar a parte frouxa da correia em qualquer situação, independentemente da condição de operação. A situação ideal é alcançada quando for possível aumentar adicionalmente a pré-carga durante o startup, reduzindo, ao mesmo tempo, a pré-carga durante a operação de gerador. Além disso, nas aplicações de startergenerator com acionamento por correia de alta performance é preciso garantir a possibilidade de operações de boosting e de recuperação.

A proposta para uma solução promissora é o uso do próprio gerador como sistema tensor.